Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

Ideais de beleza: as mulheres pirulito

Imagem
Publicado em23/01/2013por

As atrizes estão ficando assustadoramente magras. As que ousam desafiar este padrão são duramente criticadas pela imprensa. Quando emagrecem, são – mais uma vez – criticadas por estarem muito abaixo do peso.
Quem define a medida do “peso ideal”? Atrizes com corpos esculturais têm sido chamadas de muito gordaspela indústria hollywoodiana. E, como muitas já sabem, quando uma atriz parece ser voluptuosa em fotos e filmes, significa que ela ébem magranos padrões da vida real. E as muito magras em fotos e filmes são as esqueléticas na vida real.
E este é o padrão que está sendo diariamente imposto para todas nós, mulheres da vida real, que não têm personal trainer, personal dieter, personal chef e mais um exército de gente para garantir que as mulheres passem fome.
O problema é tão disseminado que há alguns anos, li na Vogue ou Bazaar, não me recordo – que os estilistas estavam criando um novo número de roupas para as atrizes: o tamanho zero – porque os vest…

Busca pela barriga negativa é a nova obsessão entre as malhadoras

Imagem
Médicos e personal trainers ensinam os caminhos para conseguir o visual Isabela Caban A angel Candice Swanepoel: musa da barriga negativa MARIO ANZUONI / REUTERS Veja também RIO - Não basta ter barriga sarada. A nova mania entre as malhadoras em busca do corpo perfeito é a “barriga negativa”. Como o próprio nome sugere, o objetivo é “sumir” com o abdômen, afundando-o, e deixando os ossos do quadril e das costelas mais proeminentes. É como se, propositalmente, a mocinha estivesse empurrando os ombros para trás e a barriga para dentro.
Chegar lá, explicam os especialistas, é para poucas. Isso porque não depende apenas de dedicação na academia e disciplina nas refeições.
— Conseguir a barriga negativa depende muito da estrutura óssea de cada um, da genética. Se o seu corpo não tiver essa propensão, será extremamente difícil atingir a meta. Vai exigir demais e aí pode ser até perigoso. É preciso ter o acompanhamento de um profissional — alerta o personal trainer Gustavo Capu…

40 frases imperdíveis

Imagem
40 frases venenosas Uma seleção de 40 frases célebres de personalidades de díspares perfis, nacionalidades e épocas — venenosas, mal humoradas, engraçadas ou cruéis —, as frases revelam o olhar preciso e ferino de seus autores sobre os temas abordados. A autenticidade de cada frase foi checada para não incorrer nos risco das falsas atribuições em meio a profusão de textos apócrifos e equívocos relativos à autoria. A seleção traz nomes como H. L. Mencken, Ambrose Pierce, Ernest He­mingway, Nelson Ro­drigues, Voltaire, Paulo Francis, Otto Von Bismarck, Woody Allen, Robert Benchley, J. Pierpont Mor­gan, Simone de Beauvoir, além provérbios e frases autorais, que foram emprestadas às personagens e obras por intermédio de seus criadores.
Eis, as 40 frases escolhidas.
— O adultério é a democracia aplicada ao amor.
H. L. Mencken — Todo homem decente se envergonha do governo sob o qual vive.
H. L. Mencken — A guerra é a forma de Deus ensinar geografia aos americanos.
Ambrose Pierce — Se as …

Angelina Jolie: a heroína cretina

Imagem
Jovem, Angelina Jolie se cortava com navalhas e chafurdava em drogas. Adulta, paga picaretas para anestesiá-la e cortá-la com bisturis. Estrela, em uma década se transmutou de anabólica Mulher Maravilha em Mater Dolorosa. Se arrasta esquálida por tapetes vermelhos e aeroportos, carregando a pobre humanidade, versão multicor de chupeta, embaixatriz da ONU, metade do casal mais famoso do mundo.
Decidiu realizar uma dupla mastectomia preventiva. Explicou os porquês em um artigo para o New York Times. Não existem porquês. Tirar as duas mamas saudáveis é loucura varrida. O texto rescende a sensatez. É macabro. Ela diz que revelou o segredo para inspirar outras mulheres. É irresponsável. O New York Times se rebaixa a pasquim, publicando o texto. Que, como tudo em Hollywood, parece produto de especialistas em relações públicas. E é. Mesmo que o press release seja mesmo de autoria de Jolie.

Angelina conta que carrega mutações no gen BRCA1, que a predispõe ao câncer de mama e ová…

Há cura para o Transtorno de Personalidade Borderline?

Imagem
Publicado em 20 de maio de 2011 por Oi pessoal!
Essa é uma pergunta que eu recebo muito por e-mail. E acho que todos nós já nos perguntamos isso. Não existe um consenso em relação a essa resposta. Talvez na psiquiatria sim, onde o consenso diz que não há cura. Mas, alguns especialistas já dizem que há recuperação. E essa recuperação pode ser entendida ou não como cura. Eu sinceramente não penso em “cura” e sim em ser uma pessoa feliz e para isso tenho trabalhado a minha auto-confiança, meu amor-próprio e o auto-controle das minhas emoções.
Me lembro que uma vez, buscando sobre “cura do TPB” na internet, encontrei um artigo de uma borderline em recupeção chamada A.J Mahari. Ela tem um site http://borderlinepersonality.ca/ com artigos, vídeos (excelentes), etc. A.J Mahari é hoje uma “Life Coach”, isto é, ela dá uma espécie de treinamento para pessoas com TPB aprenderem a superar diversas questões que envolvem o transtorno. E ela não é a única. Esse tipo de treinamento, …

Escola Base: “Tenho o dever de assumir o erro”

ENTREVISTA / VALMIR SALARO Por Nathália Carvalho em 07/05/2013 na edição 745 Reproduzido do portal Comunique-se, 2/5/2013; título original “‘Tenho o dever de assumir o erro”, diz Valmir Salaro sobre o Caso Escola Base”
Há 35 anos no jornalismo e com reconhecidas entrevistas, o repórter Valmir Salaro não hesita ao afirmar que o Caso Escola Base foi o que mais marcou sua carreira. Com passagens por Diário do Grande ABC, Folha de S. Paulo, Jornal do Brasil e outros veículos, o jornalista está há 20 anos na TV Globo e afirma que a história trata-se de “uma ferida aberta” e que reconhecer o erro é necessário. “Talvez os profissionais mais jovens possam pegar o meu exemplo e evitar erros no futuro”, disse.
Convidado para participar do seminário “O Crime e a Notícia” – ocorrido em 25/4, em São Paulo –, Salaro conversou com a reportagem do Comunique-se sobre seu trabalho e experiência ao entrevistar suspeitos e acusados de assassinatos e outros crimes. O profissional dá dicas e conta como…

Ambas são inglesas e tem 53 anos, porem...

Imagem
A loira é Gillian McKeith Nascida em 28 de setembro de 1959. Ela é a guru de saúde da televisão defendendo uma abordagem holística para a nutrição e saúde, promovendo exercícios, uma dieta vegetar...iana rica em frutas e vegetais orgânicos. Ela recomenda dietas desintoxicantes, lavagem gástrica e suplementos. O programa dela na tv é "Você é o que você come", na GNT.

A morena é Nigella Lawson Nascida em 6 de janeiro de 1960. Ela é uma cozinheira da televisão que come carne, manteiga, creme de leite e sobremesas. Seu programa de culinária na TV é apresentado no Brasil através da GNT com especiais voltados a festas como, por exemplo, Natal e Páscoa.

Conclusão: Vamos comer bem, né?Ver mais

Comer pra quê? Fazer jejum está na moda. Saiba mais sobre a dieta da vez

Imagem
http://jornalmulier.com.br/

Foto de Cristina Lacerda Jornal Mulier – Fevereiro de 2012, Nº 97 Mirian Goldenberg afirma que passamos a quase totalidade de nossas vidas nos preocupando e sofrendo com o nosso corpo Mulier – Mirian, poderia nos contar sobre suas origens, formação e atuação profissional? Mirian – Eu nasci em Santos, filha de mãe polonesa e pai romeno, que vieram para o Brasil com cinco anos. Sou a terceira de três irmãos homens, única menina de uma família de origem pobre. Meu pai se formou como advogado quando éramos crianças e conseguiu ser o advogado trabalhista mais conhecido de Santos, depois o vereador mais votado da cidade. Aos 16 anos, fui morar em São Paulo, para estudar. Na verdade, acabei sendo uma militante estudantil, pois estávamos na época da Ditadura Militar. Em 1978 vim morar no Rio de Janeiro, com meu primeiro marido. Fiz mestrado em Educação e trabalhei durante seis anos em uma ONG. Decidi voltar a estudar e fiz, em 1988, o doutorado em Antropologia. Logo a…

Comer pra quê? Fazer jejum está na moda. Saiba mais sobre a dieta da vez

Imagem
(Foto: Vogue Brasil)
Fazer jejum está na moda. É isso mesmo: a ideia é ficar sem comer um, dois ou até dez dias por mês, e os defensores garantem que essa privação desintoxica o organismo e facilita a perda de peso, além de ajudar a baixar os níveis de colesterol e de açúcar no sangue, aumentar a energia e melhorar as funções cognitivas do cérebro. Atrizes como Gwyneth Paltrow e Salma Hayek estão entre as adeptas lá fora e, por aqui, a representante mais famosa é a jornalista Glória Maria, que faz jejum por dez dias seguidos, duas vezes ao ano, desde 2001. Aprendeu a prática durante uma viagem de trabalho ao Canadá – os canadenses costumam jejuar para fortalecer o organismo para enfrentar o inverno rigoroso.“Trouxe para casa um kit que ajuda no processo, com xarope e vitaminas, experimentei e amei, nunca mais deixei de comprar. Quando faço, me sinto cheia de energia e muito, mas muito magra!”, diz Glória.

A validação do jejum representa uma drástica mudança de paradigma em relação …

Sete principais tendências internacionais de consumo e comportamento

Imagem
Levantamento realizado em 11 países aponta as sete principais tendências de consumo e comportamento; na ordem do dia, a valorização do que se deseja individualmente e a midiatização da identidade







Em tempos abundantes de informação, como estes que vivemos, há que se ter um norte, uma guia mínimo que seja para auxiliar na compreensão do que está acontecendo ao nosso redor, e ainda, antecipar cenários. Um estudo inédito da empresa de pesquisa de mercado e interpretação de dados Ipsos, divulgado na semana passada, propõe-se a lançar algumas luzes sobre esta seara.
Realizado em 23 cidades de 11 países - inclusive o Brasil -, o levantamento, intitulado Observatório de Tendências Ipsos, tem o objetivo de captar as tendências de comportamento e consumo nas principais capitais do mundo.

“O desejo de antever o futuro é uma constante na história da humanidade, no entanto, a missão do Observatório de Tendências Ipsos é compreender como as tendências afetam a vida das pessoas e organizações; com…

Desejos Proibidos

Imagem
Desejos Proibidos (Max Ophüls, 1953) Por Daniel Dalpizzolo 27/08/2011


><12345



Madame de… é a protagonista de Desejos Proibidos, Louise, à qual o filme também deve seu título original. É assim que a conhecemos, pois é o máximo de informação que Max Ophüls permite a nós, espectadores, encontrarmos sobre a origem dela em meio às referências visuais e aos diálogos do filme. O recurso, além de uma licença poética que se resolve brilhantemente em muitas cenas, também está ligado ao olhar com o qual o diretor observa o triângulo amoroso formado por ela e por seus dois homens, habitantes dos palácios, das carruagens e de outros ambientes da luxuosa aristocracia europeia do século XIX — um jogo de amor, de pertencimento, de vingança e outros sentimentos distintos, de mentiras, enganações, promessas, muita pompa burguesa, desilusões e abismos, com o qual Ophüls chega ao ápice da sua sofisticação e da virtuosidade narrativa e estética. A sequência…

Agência de modelos choca para chamar atenção sobre anorexia

Imagem
2 mai’13 Postado por emBrasil, Impressos A anorexia é tema da nova campanha da agência de modelos Star Models, que representa a Ford Models no país. Nos anúncios, os sketches – desenhos representativos feitos para imaginar como uma roupa a ser criada irá ficar no corpo feminino e que podem, muitas vezes, representar um corpo destoante da realidade – são comparados a modelos magérrimas, com o objetivo de alertar que tal representação não é semelhante à verdade. e que isso pode acarretar no desenvolvimento do transtorno alimentar.




Como mote, a campanha traz a frase: “Você não é um sketch. Diga não à anorexia.”
A criação é da agência Revolution Brasil. O que achou da abordagem?
fonte: http://comunicadores.info/2013/05/02/agencia-de-modelos-choca-em-acao-contra-anorexia/acesso em 4 de maio
É VC O QUE ACHA DESSA CAMPANHA?
DE SUA OPINIÃO ! COMENTE! COMPARTILHE